17/03/09

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS (parte 2)

*ORAÇÕES COORDENADAS*

1- Orações coordenadas copulativas
Exprimem a simples adição de orações. Podem ser introduzidas por:
   - Conjunções: e; nem, também.
   - Locuções: não só...mas também; tanto...como; não só...como também.
Ex: Chove e troveja. 

2- Orações coordenadas adversativas
Indicam oposição ao que se disse anteriormente. Podem ser introduzidas por:
   - Conjunções: mas; porém; todavia; contudo.
   - Locuções: no entanto; apesar disso; ainda assim; não obstante.
Ex: A avestruz tem asas, mas não voa. 

3- Orações coordenadas conclusivas
Indicam uma conclusão tirada do que se disse anteriormente. Podem ser introduzidas por:
   - Conjunções: pois; portanto; logo.
   - Locuções: por consequência; por conseguinte; pelo que, por isso
Ex: A terra está molhada, logo choveu. 

4- Orações coordenadas disjuntivas
Exprimem alternância, distinção ou contraste. Podem ser introduzidas por:
   - Conjunções: ou (repetido ou não).
   - Locuções: ora...ora; quer...quer; seja...seja; seja...ou; já...já; nem...nem.
Ex: Ora chove ora faz sol.
 

*ORAÇÕES SUBORDINADAS*

1- Orações subordinadas temporais
Expressam a ideia de tempo. Podem ser introduzidas por:
   - Conjunções: quando; enquanto;
   - Locuções: logo que; depois que; desde que;
Ex.: Ele chamou o elevador quando eu fechei a porta. 


2- Orações subordinadas causais
Expressam a ideia de causa ou o motivo. Podem ser introduzidas por:
   - Conjunções: porque; pois; como;
   - Locuções: visto que; pois que; por causa de;
Ex.: Não vou sair, porque está a chover. 


3- Orações subordinadas finais
Expressam ideia de fim (objectivo). Podem ser introduzidas por:
   - Conjunções: para (= para que);
   - Locuções: para que; a fim de que;
Ex.: Estudem, para que passem de ano. 


4- Orações subordinadas condicionais
Expressam uma condição ou hipótese. Podem ser introduzidas por:
   - Conjunções: se;
   - Locuções: salvo se; excepto se; a não ser que;
Ex.: Se estudares tens o teu futuro garantido.

RESUMINDO:
Autora do powerpoint: prof. Teresa Pombo

13 comentários:

ludmilla disse...

bom

Carlos disse...

um bocado mais de informação não lhe fazia mal...

Anónimo disse...

eu estava com um pouco de dificuldades e depois de ler passei a perceber. esta muito bom este blog:P

Anónimo disse...

Tenho teste amanha e não percebo nada percebia nada disto...

Agora que li já percebi :)

Ty stor António

Maycon disse...

Nota 10.

Tayene Reis disse...

Muito bom!
Nem sabia que mal era conjunção!
Valeuu :)

Anónimo disse...

o blog está muito bom parabéns!
Não percebia certas coisas sobre a classificação de orações e agora já entendi.
A nossa stora diz para a turma estudar pelo seu blog pois está muito completo.
parabéns.

Crizino Muianga disse...

muito bom

Crizino Muianga disse...

muito bom, excelente.

Anónimo disse...

MUITO BOM MUITO BOM!

Anónimo disse...

Obrigado, tenho teste amanhã e fiquei a perceber tudo muito melhor :)

Anónimo disse...

Vou ter teste amanhã e graças a isto consegui estudar

Anónimo disse...

Fantástico!
Estou neste momento a dar apoio à minha prima e já não me lembrava destes conceitos. Obrigada pela partilha e pelo excelente trabalho!